Aguarde...



Blog

Artigos Santos Clinic

mieloma-1200x675.png

Mieloma Múltipo é um tipo de câncer que se inicia na medula óssea, mas que muitas vezes não apresenta sintomas.

Ele é considerado um tipo de câncer raro que atinge pessoas entre os 50 e 65 anos. Quando essas células defeituosas (plasmócitos) crescem dentro do osso, prejudicam tanto a produção normal das outras células sanguíneas como danificam a estrutura óssea, ao se expandirem para a parte sólida do osso.

Os plasmócitos são responsáveis pela produção de anticorpos que combatem vírus e bactérias. No mieloma múltiplo, os plasmócitos são anormais e se multiplicam rapidamente. Por isso, acaba comprometendo a produção das outras células do sangue.

Dessa forma o paciente fica sujeito a infecções e anemia. Este tipo de câncer pode comprometer outros órgãos e até mesmo gânglios linfáticos.

Sinais e sintomas

Muitas vezes os pacientes são assintomáticos, entretanto quando os sintomas aparecem podem ser considerados:

  • Cansaço extremo, fraqueza, palidez e perda de peso;
  • Mau funcionamento dos rins;
  • Dores ósseas (especialmente na coluna) e fraturas espontâneas;
  • Infecções constantes.

Além disso, quando as células do mieloma dissolvem o osso, cálcio é liberado, podendo aumentar o nível de cálcio no sangue (hipercalcemia). Esse aumento pode causar desidratação e até mesmo insuficiência renal. O aumento do cálcio também pode provocar constipação, perda de apetite, fraqueza, sonolência e confusão.

Outro fator importante é a fraqueza da coluna vertebral. Como o mieloma enfraquece as estruturas ósseas, ele pode causar lesões e fraturas na coluna, atingindo também os nervos espinhais. É importante procurar por ajuda médica, pois existe a possibilidade da paralisia permanente.

Quando o mieloma atinge as células normais produtoras de sangue, isso causa a falta de glóbulos brancos, glóbulos vermelhos e das plaquetas.

A redução dos glóbulos brancos diminui a resistência às infecções, os glóbulos vermelhos a anemia e as plaquetas muito baixas podem causar sangramentos.

Diagnóstico para o mieloma múltiplo

Muitas vezes também, o hemograma completo (exame de sangue) pode apresentar alterações, portanto o médico hematologista deve considerá-lo e investigar a fundo os sinais.

O médico também pode solicitar uma biópsia da medula óssea. Para a biópsia será retirado um fragmento do osso da bacia. O fragmento será analisado em laboratório, com a finalidade de quantificar os plasmócitos presentes. E indicar se as células são malignas ou benignas.

Também é possível que sejam solicitados exames como a radiografia óssea (raio-x), a tomografia computadorizada, o PET Scan e a ressonância magnética. Estes exames tem como objetivo verificar se existem alterações nos ossos, como também, se há presença de plasmocitomas.

Como tratar a doença

O mieloma é considerado um câncer raro e que será tratado de acordo com as condições clínicas do paciente. Entre elas temos:

  • Quimioterapia: a quimioterapia é o tratamento mais comum e utilizado atualmente com o objetivo de destruir, controlar ou inibir o crescimento. Sua administração é feita em ciclos e segue o tempo estipulado para cada paciente;
  • Imunomodeladores: os imunomodeladores são medicamentos que ajudam a cuidar da imunidade do corpo, combatendo vírus, fungos e bactérias;
  • Inibidores de proteassoma: São medicamentos importantes para o tratamento do mieloma múltiplo, pois são eficientes em atacar mais as células doentes e impactam menos as células sadias.

Entre outros tratamentos que o seu hematologista e oncologista podem indicar. Medicamentos para fortalecimento dos ossos, transplante de células tronco, imunoterapia entre outros.

A Santos Clinic pode te ajudar a realizar um tratamento seguro e com qualidade de vida. Nosso plano  Cardiotraining REHAB Onco é um programa desenvolvido para pacientes oncológicos, em todas as fases de acompanhamento (antes, durante ou após o tratamento do câncer).

O objetivo principal é alcançar uma melhor qualidade de vida, com diminuição dos sintomas relacionados a doença, e melhora dos exames laboratoriais iniciais.

Consiste em:

  • Avaliação com Hematologista e definição do risco cardiovascular para reabilitação;
  • Solicitação de exames laboratoriais;
  • Teste de esforço máximo- teste cardiopulmonar;
  •  Avaliação com educador físico;
  • Definição de limiares de treinamento e prescrição de exercício;
  • Treinamento físico 3x/sem por 3 meses;
  • Reavaliação médica após 3 meses com novo teste cardiopulmonar.

Agende sua avaliação!


santos-clinic-1-1200x676.png

As terapias complementares ou integrativas são recursos terapêuticos que ajudam na prevenção e no tratamento de doenças.

Essas técnicas são reconhecidas pela OMS (Organização Mundial de Saúde) e são baseadas em conhecimentos tradicionais da Medicina, complementando os tratamentos já existentes. Elas podem ajudar na prevenção de doenças como hipertensão e depressão, por exemplo.

No Brasil, são reconhecidas 29 terapias complementares. Que são elas:

  • apiterapia;
  • aromaterapia;
  • arteterapia;
  • ayurveda;
  • biodança;
  • bioenergética;
  • constelação familiar;
  • cromoterapia;
  • dança circular;
  • geoterapia;
  • hipnoterapia;
  • homeopatia;
  • imposição de mãos;
  • medicina antroposófica;
  • medicina tradicional chinesa/acupuntura;
  • meditação;
  • musicoterapia;
  • naturopatia;
  • osteopatia;
  • ozonioterapia;
  • plantas medicinais/fitoterapia;
  • quiropraxia;
  • reflexoterapia;
  • reiki;
  • shantala;
  • terapia comunitária integrativa;
  • terapia de florais;
  • termalismo social/crenoterapia;
  • yoga.

As práticas integrativas e terapias complementares (TIC) são reconhecidas pelo SUS. Atualmente, mais de 1.708 municípios oferecem práticas integrativas e complementares e a distribuição dos serviços está concentrada em 78% na atenção básica, principal porta de entrada do SUS, 18% na atenção especializada e 4% na atenção hospitalar.

Na atenção especializada, a Santos Clinic se tornará uma porta de entrada para a realização de algumas dessas práticas. Por isso, adiante explicaremos um pouco de cada técnica.

Requisitos para as terapias complementares

As terapias complementares podem ser utilizadas desde a prevenção à reabilitação, e durante o tratamento também.

Existem três requisitos mínimos para implantação dessas terapias, entre elas está os profissionais especializados, o uso de medicamentos homeopáticos liberados pela Anvisa e uma avaliação permanente de eficiência do tratamento.

O Brasil é referência mundial na área de práticas integrativas e complementares na atenção básica. É uma modalidade que investe em prevenção e promoção à saúde com o objetivo de evitar que as pessoas fiquem doentes.

Iremos apresentar algumas dessas técnicas e a forma de utilizá-las.

Reiki

O Reiki é uma técnica desenvolvida no Japão que consiste na sobreposição das mãos sobre o paciente a fim de equilibrar corpo, mente e emoções.

A prática pode ainda reduzir sintomas de estresse, depressão e ansiedade, dores, insônia e muito mais. Entretanto, como já citamos, não deve substituir os tratamentos médicos.

 

terapias-complementares

Reflexologia ou Reflexoterapia

A reflexologia ou reflexoterapia é um técnica que estuda os pontos reflexos do corpo e terminações nervosas presentes nos pés e mãos, nariz, cabeça e orelhas.

O terapeuta avalia os pontos que possuem maior tensão e  faz uma pequena massagem que estimula os processos curativos naturais do local afetado.

terapias-reflexologia

Auriculoterapia

A auriculoterapia é considerada uma das terapias complementares. A auriculoterapia é uma técnica baseada na acumpuntura, que possui origem Chinesa, onde os pontos da orelha são estudados e materiais esféricos e de superfície lisa são aplicados, como sementes e cristais. Eles são presos à pele para que fiquem pressionando esses pontos.

Quando ocorre qualquer patologia, ela reflete na orelha e em locais diferentes, chamados pontos auriculares. Estima-se que existam cerca de 200 pontos em ambas as faces da orelha.

As principais indicações da auriculoterapia  é indicada para o tratamento de dores agudas e crônicas, insônia, enxaqueca, distúrbios digestivos, compulsão alimentar, entre outras patologias.
auriculoterapia

Massagem Relaxante

Muitas pessoas não imaginam, mas a massagem relaxante pode servir como uma terapia complementar.

Dores crônicas, depressão, edemas, pós operatórios e demais patologias podem ser tratadas com sessões de massagem.

É preciso consultar o médico para entender se é possível realizar os tratamentos médicos, junto das massagens.

Drenagem desportiva

A drenagem desportiva, consiste em uma técnica de massagem que também é considerada uma terapia complementar. A grande diferença é que a drenagem desportiva se adequa para cada tipo de atividade física, aliviando as dores musculares e melhorando a circulação sanguínea.

Além disso, reduz a retenção de líquidos.

Terapias Complementares na Santos Clinic

Você sabia que agora temos um novo espaço? Isso mesmo!

A Santos Clinic está preparando essa mega novidade. Em breve estaremos atendendo em nosso novo espaço e junto trazemos as terapias complementares ou integrativas.
Essas terapias nada mais são do que um tipo de prática que ajudam a tratar e prevenir doenças e condições adversas de saúde.
Estas, são técnicas reconhecidas pela Organização Mundial da Saúde (OMS), que se baseia nos conhecimentos oferecidos pela medicina, mas não substitui um tratamento convencional. Este é um bônus para cuidar da sua saúde.
Entre elas esta:

  • Reflexologia;
  • Massagem relaxante;
  • Reiki;
  • Drenagem Desportiva e muito mais.

Aqui você pode cuidar mais da sua saúde e separar um momento para você.
Aqui na Santos Clinic, você é nossa prioridade. Fique atento às nossas redes, em breve os agendamentos estarão disponíveis.

Conheça todos os nossos serviços.

Para dúvidas: ligue em (13) 3302-3197 ou adicione nosso whatsapp (13) 99211-7455

 


doencas-cardiovasculares-1200x676.png

As doenças cardiovasculares nada mais são do que um conjunto de doenças que atingem o coração e os vasos sanguíneos.

A maior parte das doenças cardiovasculares são desenvolvidas ao longo da vida, e normalmente está relacionada aos maus hábitos alimentares, sedentarismo e tabagismo. Outras podem ser descobertos a partir do nascimento, como a cardiopatia congênita.

Além disso, é possível o desenvolvimento de algumas doenças através de infecções, vírus e bactérias como são os casos de endocardite e da miocardite.

Demais fatores podem ser considerados de risco como:

  • Estresse;
  • Hipertensão;
  • Diabetes;
  • Colesterol elevado;
  • Obesidade.

Portanto, vamos entender algumas doenças cardiovasculares mais comuns.

Cardiopatia Isquêmica ou IC

Acontece geralmente quando há a interrupção da passagem do sangue em uma ou mais artérias do coração, muito conhecidas como coronárias.

O maior risco da doença é sua evolução. Variando de caso para caso, mas a cardiopatia pode causar um infarto do miocárdio ou um ataque cardíaco.

Portanto, por conta da diminuição do fluxo de sangue nas coronárias, lesões no músculo podem acontecer. O que reduz o bombeamento do órgão causando até uma parada cardíaca. Vale ficar atento!

Fibrilação atrial ou FA

A fibrilação atrial trata-se de uma arritmia cardíaca, que acontece quando há o envelhecimento do corpo. A arritmia acelera os batimentos cardíacos, os tornando descompensados.

As consequências quando não tratada a doença são palpitações, mal estar, tonturas e em casos mais graves um AVC (Acidente Vascular Cerebral).

Geralmente são indicados medicamentos anticoagulantes para que o portador da doença não tenha maiores complicações.

Hipertensão arterial sistêmica ou HAS

A Hipertensão arterial sistêmica, nada mais é do que a famosa pressão alta. Normalmente, os níveis considerados normais  pela Organização Mundial de Saúde é de 12 por 8 ( 120/80 mmHg).

Entre os sintomas estão as dores no peito, dor de cabeça, tonturas, zumbido no ouvido, fraqueza, visão embaçada e sangramento nasal.

Ao primeiro sintoma, o ideal é procurar um cardiologista para realização de exames e diagnóstico.

A HAS pode ser tratada com medicamentos contínuos e também na melhoria da qualidade de vida. Aqui, entram a alimentação e a prática de exercícios físicos. Reduzindo os índices de colesterol (gordura no sangue), há também a melhora na qualidade de vida e também o controle da pressão.

Sequelas da Covid-19

Muito tem se falado sobre as sequelas que a Covid-19 deixa para o nosso corpo. E os problemas cardíacos estão entre eles.

Estudos tentam entender se há relação entre pacientes que já tiveram covid com a pressão arterial elevada.  Uma das preocupações é a causa da miocardite, como sequela da síndrome, que é uma inflamação do músculo do coração, que pode causar arritmia e insuficiência cardíaca.

Todos os pacientes infectados recomenda-se realizar o check-up do coração, com exames clínicos e de imagem, como por exemplo o teste ergométrico, tomografias e até mesmo ressonância magnética.

Essas são somente algumas das doenças mais comuns de vermos. Vamos entender algumas formas de prevenção.

Prevenindo as doenças cardiovasculares 

A prevenção para essas doenças cardíacas começa nos hábitos de vida, uma vida sem excessos é uma vida saudável. Portanto, evitar comidas gordurosas, álcool, tabagismo, sedentarismo, consumo excessivo de sal, entre outros.

Dessa forma, vemos o quanto uma boa qualidade de vida faz diferença. Alimentar-se corretamente e de forma saudável traz benefícios para a saúde mas também para uma melhor disposição e energia.

Além disso, os exercícios físicos são aliados no combate à doenças cardíacas. A prática regular, de 30 minutos por dia, pode ajudar a proteger o seu coração.

Uma questão que também pode ser aliviada na prática de exercícios, é o estresse. Esse vilão pode prejudicar não somente o coração, mas todo o corpo.

Atenção ao histórico familiar  para as doenças cardiovasculares

Para aquelas pessoas que possuem histórico familiar de pressão arterial ou outra doença do coração, é preciso realizar o Check-Up anualmente ou a cada 6 meses, a depender da indicação do seu cardiologista.

Pessoas que possuam pais ou irmãos com hipertensão arterial sistêmica, por exemplo, têm maior chance de desenvolverem o problema no futuro. Outra questão também é o colesterol elevado, é necessário estar atento para controle dos níveis.

Lembrando que para aquelas pessoas que já tiveram algum acontecimento, como infartos, devem aderir ao acompanhamento a cada 6 meses e também possuir um preparo ideal para volta à rotina.

Tudo isso você encontra aqui na Santos Clinic. O Cardiotraining REHAB é um programa desenvolvido para indivíduos portadores de alguma comorbidade focado na reabilitação e bem-estar.

Quem pode realizar?

Os pacientes com as seguintes condições: pós infarto, cirurgia cardíaca, arritmia, hipertensão arterial, diabetes mellitus, entre outras.

O objetivo principal é alcançar uma melhor qualidade de vida, com diminuição dos sintomas relacionados a doença, e melhora dos exames laboratoriais iniciais.

Consiste em:

  • Avaliação com Cardiologista ou Pneumologista e definição do risco cardiovascular para reabilitação;
  • Solicitação de exames laboratoriais;
  • Teste de esforço máximo- teste cardiopulmonar;
  • Avaliação com educador físico;
  • Definição de limiares de treinamento e prescrição de exercício;
  • Treinamento físico 3x/sem por 3 meses;
  • Reavaliação médica após 3 meses com novo teste cardiopulmonar;

Agende sua avaliação! 


linfoma-1200x676.png

O Linfoma de Hodgkin é um dos tipos de câncer que acomete o sistema linfático. Segundo o Instituo Nacional do Câncer a estimativa para novos casos é de 2.640, sendo 1.590 homens e 1.050 mulheres.

Por isso, hoje entenderemos melhor quais são as causas, os sintomas e os tratamentos disponíveis.

Entendendo o Linfoma de Hodgkin

O Linfoma de Hodgkin acomete o sistema linfático. Esse sistema é composto por órgãos e tecidos (linfonodos ou gânglios), que são responsáveis pela nossa imunidade e por conduzir  essas células pelo corpo.

Este linfoma é bem característico, pois ele se espalha com maior facilidade. Geralmente, a multiplicação acontece de linfonodo para linfonodo. E isso se dá quando uma célula benigna, acaba se tornando maligna.

Dessa forma, inicia-se a proliferação e cópias dessas células como clones. É a partir desse momento, que os demais grupos acabam sendo invadidos e também se tornam células malignas.

As regiões mais afetadas são o pescoço e região do tórax.

Sintomas e sinais

O linfoma pode surgir em qualquer parte do corpo e os sintomas dependem da sua localização. Geralmente aparecem ínguas- que são os linfonodos inchados- nas axilas, virilha ou até mesmo o pescoço.

Quando ele aparece na região do tórax, é comum o paciente sentir dores no peito, tosse e falta de ar.

Já quando inicia-se no abdômen, pode acontecer a distensão abdominal e desconforto.

Outros sintomas também são característicos da doença, como:

  • Febre;
  • Perda de peso sem motivo aparente;
  • Cansaço;
  • Suor no corpo;
  • Coceira.

Detecção e prevenção da doença

O câncer não é simples de prever, porém algumas dicas são valiosas para detectar e prevenir-se do Linfoma de Hodgkin e demais canceres.

O acompanhamento médico é o principal, que consiste nos exames de rotina. Um câncer quando detectado precocemente, reduz o risco de complicações e morte.

Além da realização dos exames periódicos, quando algum dos sintomas aparecerem o ideal é procurar ajuda médica.

Alguns dos sintomas podem ser confundidos com outras patologias, por isso a importância de prevenir-se fazendo as visitas recorrentes ao médico.

Diagnóstico

O diagnóstico do linfoma de Hodgkin é obtido por meio de biópsia da região afetada.

A biópsia consiste na retirada de uma pequena parte ou de todo o linfonodo, que deverá ser enviado para exame patológico.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde o linfoma de Hodgkin é classificado em dois subgrupos.

O linfoma de Hodgkin clássico, que se subdivide em quatro subtipos (esclerose nodular, celularidade mista, depleção linfocitária e rico em linfócitos), e linfoma de Hodgkin predomínio linfocitário nodular.

Tratamento para o Linfoma de Hodgkin

O tratamento varia de acordo com o estágio da doença, condição clínica do paciente e tipo de linfoma detectado no exame patológico.

São indicadas as quimioterapias e radioterapias, e as vezes são recomendadas as duas em conjunto.

A quantidade de sessões dependerá do estágio da doença. Outra alternativa eficaz é o transplante de medula óssea.

Aqui na Santos Clinic, o paciente oncológico pode realizar o acompanhamento médico e atrelar ao tratamento a prática leve de exercícios – com orientação de um profissional habilitado.

Nosso plano Cardiotraining REHAB Onco é para os pacientes oncológicos, em todas as fases de acompanhamento (antes, durante ou após o tratamento do câncer).

O objetivo principal é alcançar uma melhor qualidade de vida, com diminuição dos sintomas relacionados a doença, e melhora dos exames laboratoriais iniciais.

E dentro deste plano está incluso:

  •  Avaliação com Cardiologista, Pneumologista ou Hematologista e definição do risco cardiovascular para reabilitação;
  • Solicitação de exames laboratoriais;
  • Teste de esforço máximo- teste cardiopulmonar;
  • Avaliação com educador físico;
  • Definição de limiares de treinamento e prescrição de exercício;
  • Treinamento físico 3x/sem por 3 meses;
  • Reavaliação médica após 3 meses com novo teste cardiopulmonar.

Esse bônus aliado ao tratamento de quimioterapia e radioterapia, proporciona melhor qualidade de vida para esse paciente.

A Santos Clinic pensando sempre em você.

Agende sua avalição pelo nosso Whatsapp (13) 99211-7455 ou telefone (13) 3302-3197.


performance-1200x676.png

Sabemos o quanto a saúde é importante para uma melhor qualidade de vida, e os exercícios físicos estão dentro dessa necessidade.

E quantas vezes desistimos na primeira dificuldade? Este trabalho exige força de vontade e persistência.

Do leigo ao atleta, devemos cultivar três pilares essenciais para o desenvolvimento e aumento da performance.

Aquecimento, mobilidade e força.

Vamos entender juntos cada um deles.

Aquecimento

O aquecimento nos esportes individuais como o pedestrianismo ou até mesmo o ciclismo e  os coletivos como futebol, tem como intuito preparar o atleta fisicamente e mentalmente para o treinamento e/ou partida/competição.

Ou seja, elevar o estado de prontidão física e mental. Isso ajuda a  prevenir lesões e melhorar a performance.

O que as vezes as pessoas deixam de lado, é a importância desse aquecimento para o desenvolvimento em si do restante das atividades.

Devemos sempre priorizar um bom aquecimento. E existem alguns pontos fundamentais que devemos seguir.

No aquecimento, devemos elevar a temperatura, a frequência cardíaca, a respiração e fluxo sanguíneo. Isso indica ao corpo que logo irá iniciar uma atividade de alta intensidade.

Além disso, ele ajuda a ativar e mobilizar os principais grupos musculares e articulações acionadas na prática esportiva.

O aquecimento prepara os atletas para a parte principal do treino ou jogo, por meio de atividades que estimulem a intensidade que será proposta no momento seguinte e melhorando o desempenho utilizando os efeitos da potenciação pós ativação.

Para que o aquecimento seja bom, leve em consideração sempre o esporte que o atleta prática e a demanda imposta no mesmo, para que o atleta esteja preparado de fato para o momento principal.

Mobilidade

A mobilidade é uma requisito fundamental do movimento humano.

Mobilidade é a quantidade de movimentos disponível em uma ou mais articulações e a capacidade que ela pode proporcionar amplitude de movimento.

Precisamos ter uma quantidade mínima de mobilidade para realizar os movimentos do cotidiano e levando em consideração o atleta, que precisa realizar uma série de movimentos específicos com máxima eficiência sem compensações, o mobilidade articular nesse sentido é de extrema importância.

Dessa forma, quanto mais mobilidade maior desempenho e liberdade para realização dos movimentos o atleta terá.

Com baixa mobilidade articular – ou melhor chamando de hipomobilidade- podemos sofrer consequências, como a redução de performance e aumentar o potencial de lesão.

Quando treinamos a mobilidade, trazemos inúmeros benefícios. Entre eles está o aumento da amplitude de movimento e a manutenção da saúde das articulações, como tendões e ligamentos.

O atleta acaba possuindo maior liberdade  de movimento, isso auxilia na redução da rigidez articular e contribui para algumas disfunções.

Fortalecimento e performance

O fortalecimento muscular é de extrema importância, levando em consideração que ao correr, o atleta precisa de força para suportar a corrida e não atingir um estado de fadiga na musculatura muito precoce, automaticamente melhorando o rendimento esportivo.

O fortalecimento é importante não somente em esportes de alta intensidade, como corridas, mas também na musculação realizada por um leigo no assunto.

Esse fortalecimento, auxilia na prevenção de lesões. Além, de muitas vezes auxiliar em tratamentos articulares- como problemas no joelho, coluna e etc.

A prevenção de lesão é outro aspecto que o fortalecimento contribui, pois na corrida o gesto motor é continuamente repetido e ao se deparar com um obstáculo ou até mesmo por falta de atenção, pode ser exigida força de outras musculaturas para reorganizar o gesto e sem fortalecimento, pode ocorrer uma lesão.

Portanto, junto da musculatura fortalecida há um aumento de massa muscular e com isso o equilíbrio da composição corporal.

Quando falamos em atletas de performance, não há uma necessidade de gerar grande hipertrofia muscular, porque isso pode vir a comprometer o desempenho do atleta.

Por isso, quando feito um plano bem desenvolvido e com metas muito bem definidas o objetivo é alcançado de forma mais fácil.

Qual a relação da performance com a alimentação?

Além de todas essas vantagens, devemos trazer como uma grande aliada nesse processo a alimentação.

A definição de alimentos mais ou menos calóricos, quantidades, hidratação, quando bem definidos fazem toda diferença.

Priorize a avaliação nutricional aliado ao treinamento físico.

A avaliação e acompanhamento físico é de tamanha importância, porque quando um profissional está a frente de um plano personalizado para você, você possui a segurança de que esta em boas mãos para alcançar a alta performance.

Portanto, avalie a necessidade do acompanhamento físico e nutricional e invista na sua saúde. Ela vem em primeiro lugar.

Agende sua avaliação.

Acesse nossas Redes Sociais e fique por dentro das novidades e conteúdos.



teste Ergoespirometria / ergometrico preparo

O que você precisa saber antes de realizar um teste de esforço (ergométrico/ cardiopulmonar):

Primeiro, gostaríamos de te tranquilizar, o teste é muito seguro e apresenta um baixo índice de complicações; sem contar que é realizado por médico cardiologista com experiência em testes de esforço. Também contamos com todos os itens de segurança para possíveis intercorrências.

Vamos lá:

No dia do exame:

– Não é permitido fazer o teste em jejum, melhor ingerir alimentos leves 1 hora antes do exame;

– Evitar bebidas com cafeína (café, chá, refrigerantes ou energéticos) 3 horas antes do exame;

– Após o banho, não utilizar cremes, pomadas ou gel;

– Não fumar 2 horas antes do exame e 1 hora após;

– Vestir-se ou trazer roupas confortáveis (bermuda, calça, tênis, top…);

– Manter os medicamentos de uso contínuo, exceto se o seu médico orientou suspender para realização do exame;

– O exame não pode ser realizado com sapato social, calçados com abertura, chinelo, sandália, e nem com saias longas.

 

Mulheres:

– O exame deve ser realizado preferencialmente com TOP ou parte de cima do biquinho. Em caso de sutiãs, evitar peças com aro de metal pois eles provocam interferência no traçado do eletrocardiograma.

Homens:

– Por vezes é necessário tricotomia (retirada dos pelos do tórax), pois eles em excesso também interferem no traçado eletrocardiográfico.

 

Siga corretamente as recomendações para garantira maior exatidão no seu laudo.

Estamos À disposição para outros esclarecimentos!



Que tal avaliar o seu preparo físico como o craque Giovanni? ⠀

A Santos Clinic pode te ajudar com isso. ⠀

Assim como o “Messias”, você passará por um checkup completo com nossos profissionais. Junto com nosso médico do esporte, cardiologista e fisioterapeuta iremos extrair o máximo de informação a partir do seu rendimento. Após isso, indicaremos quais as atividades físicas ideais para sua disposição física de momento. ⠀

Se interessou e quer saber mais? ⠀

Entre em contato conosco e venha fazer parte do nosso time de craques!

 



Buscando melhorar o seu rendimento esportivo com segurança?

Em conjunto com a pierin fisio elaboramos diversificar avaliações físicas para extrair o máximo de desempenho do seu corpo.

Medicina esportiva, fisioterapia preventiva, educação física e nutrição. Quer saber mais?


62089569_158756448593141_6249229903772174059_n.jpg

Semana passada, um infarto fulminante encerrou a vida de um excelente jornalista brasileiro. Toda vez que um evento como esse acontece, varias duvidas surgem: 🔴 Todo infarto é fulminante?
🔴 Quais os sinais e sintomas que precedem o infarto?
🔴 O que fazer nessa situação?

Bem, primeiramente o termo fulminante quer dizer que o evento evoluiu de maneira rápida, sendo na maioria das vezes fatal em menos de 24 horas. Alguns dados americanos estimam que 50% dos infartos apresentam essa evolução.
A maior parte das vezes, o paciente apresenta sinais e sintomas antes do evento final, entre eles: 🛑 Dor no peito, costas, braço esquerdo, estômago e mandíbula;
🛑 Falta de ar aos esforços;
🛑 Sudorese; 🛑 Sensação de desmaio ou desmaios principalmente relacionados aos esforços;

Caso você esteja apresentando algum desses sintomas, evite grandes esforços ou ambientes estressantes, e procure o seu médico o mais rápido possível! 🆘💔🚑 O diagnóstico precoce é fundamental para diminuir os riscos de uma morte súbita.

Mantenha uma alimentação saudável, faça exercícios e visite seu médico regularmente!


logotipo-santos-clinic

A Santos Clinic é uma clínica especializada em saúde e qualidade de vida. Temos como objetivo fornecer ao paciente não só o melhor atendimento com excelência, mas também integralidade no seu tratamento através da nossa unidade de exercício supervisionado, com foco em prevenção, reabilitação cardíaca, pulmonar, oncológica e nutricionista.

Endereço: R. Dr. Olyntho Rodrigues Dantas, 343 - 56 - Encruzilhada, Santos - SP, 11050-220

Últimos Artigos

Santos Clinic - Cardiologia em Santos. Todos os direitos reservados

-
Desenvolvido por:
Seek Web Marketing Digital